último ato de orgulho II

last act of pride II

joão oliveira

último ato de orgulho II

matriz de baixo relevo

gesso e ferro

35 x 150 X 25 cm

2016

o vazio nos persuade a descobrir as formas gravadas, do que é e do que não pode ser. essa presença de uma ausência é o que a torna visível, vazia porque nenhum corpo a ocupa — assim como quando, pela força das mãos que incisam a ferramenta, desarraigamos a matéria da matriz para fazermos ver a imagem —, “ao passo que contorna o obstáculo da invisibilidade, tornando visível a ausência de visibilidade, [...] nesse jogo de esconde-esconde ao qual convida”. nesse jogo de oposição, mas nunca de emulação, temos duas bases de ferro oxidado de 35 X 150 X 25 cm sobre as quais estão dois meios de um inteiro em gesso que, quando pousados um no outro, transmitem a forma do ‘peso’ do meu peito forjado no ato da impressão.

 

emptiness persuades us to discover engraved forms of what is and cannot be. this absence presence is what makes it visible, empty because no body occupies it - just as when, by the force of the hands that incise the tool, we uproot the matter from the matrix to making the image visible - “while circumventing the invisibility obstacle, making the lack of visibility visible [...] in this game of hide and seek to which it invites ”. In this opposition - but never emulation - game,there are  two 35 X 150 X 25 cm oxidized iron bases, which are two parts of a whole in plaster that, when laid on each other, convey my chest weight, forged in the printing act.