transmitir-se

 (to) convey yourself

joão oliveira

transmitir-se

desenho s/ papel vegetal e ftografia

44 X 60 cm

2011

nossas memórias são mais um devaneio de nossa psique do que lembranças guardadas em retratos ─ distorcidos pelo que sentimos ou pensamos ─ que respondem aos estímulos particulares de cada um, já que a nossa percepção depende das influências do passado vivido e de uma ordenação interior que reconstroem os episódios em outras cenas. transmitir-se questiona o lugar da criança na infância e reinventa a memória deslocando-a no tempo e no espaço, a partir da apropriação e da interferência do desenho sobre a imagem fotográfica, para criar um novo diálogo surgido da reorganização sutil de valores como bem e mal ou inocência e perversão. a obra se relaciona com conceitos de representação, subversão e sobreposição. tais procedimentos constroem uma trama entre imagem e materiais, em que estereótipos sociais de infância sucumbem à perversão, forjada no gesto miúdo de, com o lápis a grafite, marcar o traçado da feição de um lobo sobre a cabeça de cada uma das crianças que posam para a foto do anuário, exceto uma, que é vista destacada por um círculo vazado.

 

our memories are more a daydream of our psyche than remembrances held in portraits - distorted by what we feel or think - that respond to each one's particular stimuli, as our perception depends on the influences of the lived past and an inner ordering that reconstructs episodes into other scenes.” convey yourself”  questions the child's place in childhood and reinvents memory by shifting it in time and space, from the appropriation and interference of drawing on the photographic image, to create a new dialogue arising from the subtle reorganization of values such ​​as good and evil or innocence and perversion. The work relates to concepts of representation, subversion and overlap. Such procedures construct a plot between image and materials, in which childhood social stereotypes succumb to  perversion, forged in the tiny gesture of, using a graphite pencil, marking the shape of a wolf's face features over the head of each children who pose for the yearbook photo except one, which is highlighted by a hollow circle.

.